Ousar e calar.

Ah! E eu tava pensando numa coisa dita numa discussão entre eu e a Arellah no supermercado, antes da grande lição do dia. Pensando naquilo que ela me falou: “ousar e calar”. Mais uma vez ouço isso. E gosto quando esse assunto é pronunciado. Porque como disse a Tsunami, eu sou dona disso, e sou mesmo; quer dizer, eu era mesmo porque tá diminuindo. Eu tô me tocando disso e cada vez mais tô me afastando dessa realidade. Sempre tive a língua inquieta, mas sempre sem maldade. Falava de mim mesmo, essa forma de egoísmo perene sempre com uma pontada de circunstância e inocência que era descomunal. Mas a maturidade mais uma vez me abriu portas e eu pode enxergar além.

Tenho que parar um pouco e perceber que nem todos ainda percorrem o  mesmo caminho meu. A compaixão aqui é derramada e  necessária. Saber até onde, também, vai o outro, é primordial.

Anúncios

Uma resposta para “Ousar e calar.

  1. Estou tbm nesse barco… A consciência vai se alargando, ganhando novas dimensões e passamos a nos questionar até mesmo em relação aos hábitos mais arraigados e espontâneos, como o falar. A sabedoria então passa a nos apontar que tudo tem uma medida, um caminho do meio. Com as palavras não é diferente. Ouvi um dia, em algum lugar que devemos sempre nos perguntar se o que vamos falar será realmente necessário para nós e para os outros. Se não, é melhor guardamos toda a energia que iríamos gastar com as palavras para construir nossos caminhos, dentro e fora de nós….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s