Sou um poço de energia criativa do mundo. Juntos transbordamos…

Repensei esse post várias vezes e sabia que devia escrevê-lo. Porque eu andei transbordando tanto, desceu no suor da corrida, mas ainda restou um pouco que agora compartilho com vocês. Afinal de contas, devo bastante às minhas duas companheiras buscadoras, parte do mérito desse meu abrir de cortinas, desse momento de claridade pro mundo que me cerca atualmente.

Ontem agradeci a Akilah por fazer parte da minha vida. O mesmo serve pra companheira Arellah, já que também faz parte da caminhada. Digo isso porque mais do que nunca as duas fazem parte do processo, dessa descomunal essência minha de superação. A busca de ser sempre um ser mais puro, mas íntegro e mais alinhado com o cosmos. E como bem sabemos, as dores e os agúros que nos intermeiam nesse caminho são bem presentes e como todo presente, devemos desembrulhar, e contemplar o que nos é oferecido.

Bem. Esses dias cheguei a uma conclusão máxima de compreensão de vida. Da minha vida particularmente. Percebi de fato, que a expressão “muros emocionais”, a qual havia recebido como sendo uma certa característica da minha atual personalidade, me deixou matutanto por bastante tempo. No início achei que podia estar levando muito a sério essa impressão pessoal que tiveram de mim,  e que esta pudesse ser meramente superficial.

Mas e aí, se fosse superficial, era um sinal claro de que algo realmente precisava ser revisto e de fato, precisava ser urgentemente mudado. Estava usando um step emocional  furado.

Dae depois juntei com um questionamento meu antiiiiigo… que se tratava do meu grande porquê afetivo: se aparecem determinados tipo de homens na minha vida e eu me envolvo com eles e no final acaba não dando certo – geralmente sendo pelo mesmo motivo – sabia que no fundo era EU quem atraía esses homens rapazes moços. Dae a dúvida: mas e porquê mesmo?! O ímpeto: precisar saber porquê e descobrir como mudar e, mais do que urgente, literalmente, mudar!!!

Parei de culpá-los, olhei pra dentro de mim. Não enxergava muita coisa além do que via do lado de fora. Sempre a exuberância juvenil, misturada com a doçura da feminilidade e a sede de uma mulher que desabrocha pro amor. Tudo isso me lembrava a Afrodite… E as sombras da deusa ferida.

Percebi que em mim só havia o conquistar, pois não conseguia deixar-me ser conquistada. Queria a profundidade ali toda, escancarada. Nua e crua. Como na maiorida das vezes eu era essa representatividade. E esquecia que a maior profundidade está na nudez de SER. E a verdadeira entrega precede a  libido.

Mas, de fato, o momento do verdadeiro insight coube exatamente dentro do argumento anterior somado às experiências anteriores traumáticas.

Fato: todas foram em algum (e o mesmo) ponto traumáticas. Mas não menos profundas.

Desejo: Viver a profundidade do abismo homem, sem ter que chegar ao fundo cheia de hematomas e costelas quebradas.

Possível solução: Não desejar o final do abismo. Mas viver o cair

Então… a minha própria máscara caiu e o muro de Berlim de mim mesma também. Continuo a me jogar como nunca antes na vida e como todas vezes. Mas desta última com um pequeno detalhe (que faz toda a diferença):  sendo mulher em todas as facetas: a que cede, a que ama, a que dá conforto e segurança; mas, a que também sabe dizer não e impor limites. A que brilha sua real liberdade dentro de suas limitações, dentro das cercas do outro.

 

É isso.

Amo vocês….

 

Acho que transcendi…

Anúncios

3 Respostas para “Sou um poço de energia criativa do mundo. Juntos transbordamos…

  1. Algo sempre me dizia: Mude a freqüência, mude a freqüência!!!! Só não conseguia enxergar a diferença entre os canais…

  2. ééééé!!!!!!! a frequência tem que ser sempre reajustada. Acho que sim… Tipo quando a gente sai por aí com o rádio do carro nas alturas e vamos nos deslocando e então a frequência já não é tão ok, então giramos um pouquinho o botão pra que não seja preciso diminuir o volume!
    Ainda bem que temos esses botões… vou pensar cá com eles e descobrir pra que lado me giro!
    Bissesss… ;*

  3. Definitivamente o post mais intenso e maravilhoso que já li por aqui…. Atestando um pronfudo, verdadeiro e estrondoso momento de mudança e renascer. Como psicanalista posso dizer que isso foi uma verdadeira ressiginificação subjetiva, daquelas que algumas pessoas passam anos indo à sua análises para ter… Muito revigorante, para um buscadora, ver e assistir um despertar tão real, tão forte e movido pelo desejo de crescimento mais entranhado em nosso seres. Agradeço infinitamente por poder fazer parte disso, como espectadora, companheira de buscas e achados. Que lindo caminho esse! Que lindas companhias me cercam. Quão engrandecedoras as trocas e os percursos… Verdadeiros orgasmos e êxtases psicológicos e emocionais ao ler isso… Amo vcs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s